20 C
São Paulo
sexta-feira, abril 15, 2022

Papa Francisco rezará na gruta em que São Paulo Apóstolo viveu

De acordo com a tradição, o Apóstolo São Paulo viveu nesta gruta por volta do ano 60, após o navio que o levava para Roma, onde seria julgado, ter naufragado durante uma tempestade.

Redação (30/03/2022 12:52, Gaudium Press) Durante a viagem apostólica que fará em Malta entre os dias 2 e 3 de abril deste ano de 2022, o Papa Francisco rezará na gruta de São Paulo, localizada no complexo da Basílica de São Paulo na cidade de Rabat, se tornando o terceiro Pontífice a visitar o local, já visitado por São João Paulo II, em 1990, e Bento XVI, em 2010.

De acordo com a tradição, o Apóstolo São Paulo viveu nesta gruta por volta do ano 60, após o navio que o levava para Roma, onde seria julgado, ter naufragado durante uma tempestade. Nesse local, conforme narra São Lucas nos Atos dos Apóstolos, o Santo permaneceu por três meses evangelizando através da pregação, batismos e cura de enfermos. Por este motivo, os habitantes de Malta consideram São Paulo como seu padroeiro.

O acesso à gruta de São Paulo é realizado através da igreja de São Públio, primeiro Bispo de Malta, ao lado da basílica de São Paulo e do museu paroquial, onde são guardadas muitas e valiosas obras de arte e história. A gruta permanece com suas paredes rochosas preservadas, assim como alguns arquitetônicos barrocos. Apesar de ter sido retirada grande quantidade de terra e pedra, o local se mantém conservado.

Programa oficial da visita do Papa Francisco a Malta

A viagem será iniciada às 08h30 do dia 2 de abril, horário em que o Santo Padre partirá do Aeroporto Internacional de Roma/Fiumicino para Malta. A previsão é que ele chegue ao seu destino final por volta das 10h, onde será recebido com uma cerimônia de boas-vindas.

Às 10h50, o Pontífice irá até o Palácio do Grão Mestre em La Valletta onde se encontrará com diversas autoridades civis. A primeira visita será ao presidente da República na ‘Ambassadors Chamber’. Às 11h35, se encontrará com o primeiro-ministro na ‘Pages Chamber’. Em seguida, às 11h50, haverá o encontro com as Autoridades e o Corpo Diplomático na ‘Grand Council Chamber’. Ali, Francisco fará um discurso.

Às 15h50, o Santo Padre partirá do Grande Porto de La Valletta para Gozo, chegando às 17h ao Porto de Mgarr. Às 17h30, haverá o encontro de oração no Santuário Nacional de ‘Ta’ Pinu’, em Gozo, onde o Papa proferirá a homilia. Às 18h45, Francisco partirá de balsa do Porto de Mgarr para Malta e, às 19h30, chegará ao Porto de Cirkewwa, indo em seguida para a Nunciatura Apostólica.

No domingo, 3 de abril, às 7h45, Francisco se encontrará com os membros da Companhia de Jesus na Nunciatura Apostólica em Rabat. Às 08h30, visitará a gruta de São Paulo na Basílica de São Paulo em Rabat, onde fará uma oração. Às 10h15, o Pontífice presidirá uma Santa Missa na Praça dos Celeiros em Floriana. Em seguida, recitará a oração do Angelus.

Às 16h45 o Papa Francisco se encontrará com os migrantes no Centro para Migrantes ‘João XXIII Paece Lab’, em Hal Far, onde fará um discurso. A cerimônia de despedida no Aeroporto Internacional de Malta está programada para ocorrer às 17h50. Às 18h15, o Pontífice partirá de avião para Roma com previsão de chegada ao Aeroporto Internacional de Roma/Fiumicino para às 19h40. (EPC)

The post Papa Francisco rezará na gruta em que São Paulo Apóstolo viveu appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias