InícioNotícias da IgrejaPurificação da religião e do sacerdócio

Purificação da religião e do sacerdócio

Published on

Nossa Senhora em Fátima pediu orações pelo clero, cuja infidelidade já fora diagnosticada na sua aparição em La Salette. Em ambas as mensagens se ressalta a importância do culto divino.

Moloch 700x784 1

Redação (05/05/2024 09:38, Gaudium Press) Segundo São Tomás de Aquino, o Criador plasmou o universo conforme o esquema exitusreditus: as criaturas saíram das mãos de Deus – exitus – para a Ele retornar – reditus. No Antigo Testamento, o Senhor facilitou esse “retorno” através da aliança com Israel. Cabia ao povo eleito corresponder a esse chamado – particularmente por meio da virtude da religião, anexa à da justiça no retribuir a devida honra a Deus –, donde os filhos da promessa utilizarem as mais variadas formas de salmodias, sacrifícios e celebrações para o louvor divino.

Ao longo dos tempos, houve infelizmente várias conspurcações da verdadeira adoração a Deus, como o culto a Baal, a Moloc e ao bezerro de ouro, para não falar da rejeição aos profetas enviados ao povo e da morte de muitos deles.

A abominação alçou-se até a classe sacerdotal. Seja mencionado apenas o exemplo dos filhos de Eli, Hofni e Fineias, os quais durante o holocausto subtraíam da carne oferecida a Deus, além de se entregarem à imoralidade junto à Tenda da Reunião. O Senhor prometeu a morte desses “filhos de Belial” (I Sm 2, 12), anunciando: “Farei surgir um sacerdote fiel, que procederá conforme o meu coração e o meu desejo” (I Sm 2, 35).

Historicamente se costuma identificar esse sacerdote com Sadoc, o primeiro a oficiar o culto ao Deus verdadeiro no Templo de Salomão, mas só em Jesus o sacerdócio alcançou a perfeição: “Tal é precisamente o Sumo Sacerdote que nos convinha: santo, inocente, imaculado, separado dos pecadores, elevado mais alto do que os céus” (Hb 7, 26). Nosso Senhor foi constituído como o “Mediador entre Deus e os homens” (I Tim 2, 5), cujos Sacramentos participam do “retorno” ao Criador referido acima.

Como outrora, ao longo da História da Igreja, pulularam prevaricações quanto ao devido louvor a Deus, em larga medida, pela promiscuidade com o paganismo. Numa ocasião, por exemplo, São Columbano encontrou batizados e pagãos sacrificando ao deus Wotan. Já o Concílio de Tours, em 567, teve de condenar o culto secreto que alguns prestavam a fontes, árvores e pedras. E o sacerdócio não passou ileso: o cesaropapismo bizantino do século X concordou em abençoar uniões baseadas em crime ou adultério. Recorde-se ainda que a primeira das grandes revoluções – a protestante – ocorreu por meio de um padre apóstata: Lutero.

3Hoje a Igreja, tal como no tempo de Sadoc e do próprio Cristo, também precisa de uma purificação da religião e do sacerdócio. É notável que Nossa Senhora em Fátima tenha pedido orações pelo clero, cuja infidelidade já fora diagnosticada na sua aparição em La Salette. Em ambas as mensagens se ressalta a importância do culto divino.

A Santíssima Virgem anseia, ademais, uma “verdadeira devoção”, não baseada em hipocrisias e interesses, como denunciou São Luís Maria Grignion de Montfort, mas sim numa autêntica oblação, isto é, na entrega total em suas mãos e na plena separação do pecado. Enquanto o neopaganismo avança pelo mundo – em parte pela inação de certa parcela do clero, preocupada com “bezerros de ouro”, “carnes”, “árvores” e falsas bênçãos –, milhões de pessoas têm se consagrado a Maria por todo orbe.

Por meio da mediação Universal de Maria Santíssima, seu Divino Filho renovará proximamente a face da terra, com um incêndio de graça e de misericórdia. Nessa conjuntura, adquire pleno sentido a oração do Santo mariano: “Senhor Jesus, memento congregationis tuæ. Lembrai-Vos de dar à vossa Mãe uma nova companhia, a fim de por Ela renovar todas as coisas, e terminar por Maria Santíssima os anos de graça, como por Ela os começastes”.

Texto extraído, com pequenas adaptações, da Revista Arautos do Evangelho n. 257, maio 2023. Editorial.

The post Purificação da religião e do sacerdócio appeared first on Gaudium Press.

Últimas Notícias

Quarta-feira da 8ª semana do Tempo Comum

(verde – ofício do dia) O Senhor tornou-se meu protetor e me conduziu para um...

Arquidiocese do México é consagrada ao Sagrado Coração de Jesus

A celebração, que ocorreu na Basílica de Guadalupe, na Cidade do México, teve por...

O mundo precisa da África

Por ocasião do 61º Dia da África, o Cardeal Parolin afirmou que África é...

Terça-feira da 8ª semana do Tempo Comum

(verde – ofício do dia) O Senhor tornou-se meu protetor e me conduziu para um...

Audio-Book

148. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=8gGGSaTK2ic Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Quarta Dor...

147. II. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=63iCH0qZxGY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...

146. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=4b50saBVvfY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...