Do alto de seu conforto burguês, os cristãos de hoje decretaram a salvação de todos e a condenação de ninguém. Nosso Senhor, porém, questionado no Evangelho deste domingo se “são poucos os que se salvam”, adverte para que, mesmo em meio a “agonias”, procuremos “entrar pela porta estreita”, pois “muitos tentarão entrar e não conseguirão”. É sobre esta realidade de fé, de um céu e de um inferno eternos, que Padre Paulo Ricardo medita nesta homilia.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here