Nem o moralismo cansado, nem o sentimentalismo preguiçoso. No Evangelho deste domingo, Nosso Senhor mostra que a santidade depende, sobretudo, de nossa união íntima com Ele, cuja graça nos transforma em “árvores boas” e capazes de gerar “bons frutos”. É essa a verdade sobre a qual Padre Paulo Ricardo medita em mais esta homilia, ensinando-nos a permanecer em “estado de graça” e a crescer no amor que é infundido por Deus em nossos corações.

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here