17.3 C
São Paulo
domingo, setembro 26, 2021

Tintin é condenado pelo Conselho Católico Escolar do Canadá

Histórias em quadrinhos, romances, manuais foram considerados ofensivos e queimados, no Canadá. Tintin e Asterix estão na lista dos condenados.

Canadá – Ontário (10/09/2021 13:49, Gaudium Press)  O comitê do Conselho Católico Escolar de Ontário está sendo objeto de uma enorme polêmica após revelação de que quase 5.000 livros foram retirados das bibliotecas escolares e destruídos por serem considerados inapropriados e racistas.

O comitê que representa 10 mil alunos da província canadense organizou também a queima de 30 livros. As cinzas, consideradas racistas, foram enterradas em uma cerimônia. Entre as obras supostamente inapropriadas figuram alguns clássicos das histórias em quadrinhos como Tintin e Asterix.

Linguagem inaceitável, apropriação cultural: alguns motivos da condenação

“Tintin na América” foi duramente criticado pelo conselho escolar que classificou a linguagem dos quadrinhos do cartunista Hergé de inaceitável, errônea e injusta em relação aos nativos da região. Outros livros de trabalhos manuais (DIY) inspirados nos saberes regionais também foram destruídos por se apropriarem da cultural regional.

Outros livros foram igualmente destruídos por utilizar a palavra “indígena” ao se referirem aos povos nativos. Sylvie Brien, autora do livro “O Caso do Colégio Indigena”, confessa sua insatisfação: “Meu livro foi queimado quando, na verdade, ele testemunha o sofrimento das Primeiras Nações (povo autóctone). É um absurdo”.

Diante das inúmeras reclamações e críticas, os membros do conselho se dizem muito preocupados e confusos com a situação e lamentam a repercussão negativa do ocorrido. (FM)

Com informações de La Croix.

The post Tintin é condenado pelo Conselho Católico Escolar do Canadá appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias