InícioNotícias da IgrejaRevolução1400 crianças abusadas sexualmente por muçulmanos, a notícia que mídia tenta esconder

1400 crianças abusadas sexualmente por muçulmanos, a notícia que mídia tenta esconder

Published on

Em 2013, na pequena cidade inglesa de Rotherham veio a público o maior escândalo sexual do XXI, 1400 crianças inglesas com idades variando entre 9 a 13, foram sequestradas, estupradas, obrigadas a consumir drogas e vendidas por e para o consumo de muçulmanos. Os perpetradores dessa aberração inimaginável foram “refugiados” paquistaneses, seguindo os preceitos do islã, e o exemplo de seu profeta Maomé, que segundo o próprio Alcorão teve relações sexuais com sua esposa de 9 anos. Na cidade de cerca de 110 mil habitantes, apenas cerca de 8 mil paquistaneses dos quais a vasta maioria estava envolvida direta ou indiretamente com o gigantesco círculo de pedofilia. Foi graças a proteção da comunidade paquistanesa que o abuso persistiu por quase 20 anos, entre 1997 e 2013. Mas houve outros dois grandes e monstruosos culpados: a policia e mídia.

Talvez mais correto seria culpar o governo esquerdista, do que a polícia. Foi averiguado e admitido pelas próprias autoridades polícias, o abuso sexual era de amplo conhecimento das autoridades. Mas devido a pressão do governo Britânico, que se esforça para esconder as estatísticas que mostram que “refugiados” são dezenas de vezes mais propensos a cometer crimes do que os nativos ingleses, a existência dos traficantes sexuais muçulmanos foi escondida.

O terceiro e mais asqueroso culpado é a mídia. Os paquistaneses podem tentar se justificar apontando para o islamismo. A polícia pode se refugiar na máxima que estava apenas cumprindo ordens. Mas a mídia não possui absolutamente nenhuma desculpa para sua conduta virtualmente criminosa. Que tipo de criatura é capaz de após tomar conhecimento do estupro e tráfico de mais de 1400 crianças, decide enterrar a notícia, a noticiando com o mínimo de destaque ou mesmo simplesmente ignorando a existência dos fatos? Esses são monstros ainda piores que os estupradores.Como os responsáveis pela Rede Globo e outras das principais mídias do país que ao não darem o devido destaque para a notícia abrem as portas para a história se repetir. Com a sansão da nova lei de imigração, graças novamente a omissão da mídia, Quem sabe a próxima Rotherham será no Brasil.

 

Fonte: cesarweis.com

Últimas Notícias

Congresso Eucarístico Nacional é realizado na Guatemala

Realizado na cidade de Quetzaltenango, o evento teve início na última quarta-feira, 10 de...

Beato Carlos de Blois: senhor feudal perfeito

Governador e patriarca da Bretanha – Noroeste da França –, aristocrata e batalhador que...

Sexta-feira da 14ª semana do Tempo Comum

(verde – ofício do dia) Recebemos, Senhor, vossa misericórdia no meio do vosso templo. Como...

Incêndio na torre da Catedral de Rouen

As imagens da torre em chamas da Catedral de Rouen evocam o terrível incêndio...

Audio-Book

148. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=8gGGSaTK2ic Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Quarta Dor...

147. II. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=63iCH0qZxGY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...

146. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=4b50saBVvfY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...