18.8 C
São Paulo
quinta-feira, outubro 21, 2021

Bispo Mexicano: presidente deve pedir perdão pelos massacres de Católicos

Bispo recomenda que governo de López Obrador peça perdão pelos massacres de católicos ocorridos durante a chamada “guerra cristera” que aconteceu no México de 1926 a 1938.

Bispo recomenda que governo de López Obrador peça perdão pelos massacres de católicos ocorridos durante a chamada “guerra cristera” que aconteceu no México de 1926 a 1938.
La Paz – México (15/10/2020, 15:00, Gaudium Press) Beatriz Gutiérrez Müller, esposa de López Obrador, presidente da República Mexicana visitou recentemente o Vaticano e conseguiu entregar ao Papa Francisco uma carta escrita pelo próprio chefe do executivo mexicano.
A carta do presidente era uma volta a sua insistente posição de que a Igreja Católica deve reconhecer as ofensas, crimes e ultrajes cometidos ​​em território mexicano durante o período da conquista espanhola de civilizações americanas.
López Obrador cobra da Igreja Católica um pedido de perdão por tudo que aqui aconteceu e que, segundo ele, foi causado por influência da Igreja.

Procurar a reconciliação, não olhando para o passado, mas olhando para o futuro

Um vídeo que circula pelas redes sociais mostra o que bem poderia ser considerado como uma resposta à invectiva do presidente contra a Igreja e os missionários.
No vídeo aparece Dom Miguel Ángel Alba Díaz, bispo da diocese de La Paz, Baixa Califórnia, no México, celebrando uma Missa e pronunciando uma homilia onde o prelado critica a visita de Beatriz Gutiuérrez ao Vaticano para entregar a carta de seu marido ao Papa.
Diz Dom Miguel Angel Alba Diaz em sua homilia que “Temos que procurar a reconciliação, não olhando para o passado, mas olhando para o futuro”.
O Bispo relata em sua homilia: “Hoje, a esposa do presidente López Obrador entregou uma carta ao Santo Padre, porque mais uma vez insiste na necessidade de a Igreja pedir perdão pelas atrocidades cometidas na conquista ”.

Gostaria de pedir ao governo nacional que se desculpasse por crimes em eventos mais recentes

Então, Dom Alba Diaz acrescentou com energia:
“Também gostaria de pedir ao governo nacional que se desculpasse pelos eventos mais recentes.
Que peça desculpas pelas leis, pela Constituição de 1917 e pela Lei Calles, que violaram a liberdade religiosa de 90% de sua população, de seus próprios cidadãos, que obrigou os cristãos a viverem escondidos.
Que ele se desculpe por todos aqueles que foram sumariamente assassinados pelas autoridades durante a “cristiada” (de 1926 a 1938).
Peça desculpas porque muitos mexicanos, rebelando-se contra essa lei injusta, pegaram em armas e provocaram uma guerra que deixou muito sangue e muita pobreza. ”

Obrador deve pedir desculpas e perdão pelos massacres de católicos ocorridos 1926 a 1938

O bispo afirma em sua homilia que não é necessário realizar um revisionismo histórico de mais de 500 anos: o que é necessário é pedir desculpas pelos acontecimentos ocorridos muito mais recentemente.
O bispo recomendou que a administração de Andrés Manuel López Obrador deve pedir desculpas e perdão pelos massacres de católicos ocorridos durante a chamada “guerra cristera” que aconteceu no México de 1926 a 1938:
“Não vamos voltar a 1500, isso aconteceu em 1900, a isto deve-se pedir perdão.” (JSG)

 

(Com informações InfoVaticana-Foto ElSudcaliforniano)

The post Bispo Mexicano: presidente deve pedir perdão pelos massacres de Católicos appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias