InícioNotícias da IgrejaBispos equatorianos: “A violência não prevalecerá”

Bispos equatorianos: “A violência não prevalecerá”

Published on

O Conselho Episcopal Latino-Americano tornou público seu apoio aos bispos do Equador diante da onda de violência que assola o país.

Foto: Wikipedia

Foto: Wikipedia

Redação (11/01/2024 12:18, Gaudium Press) Após a declaração de estado de emergência e “conflito armado interno” pelo presidente Daniel Noboa, os bispos do Equador se pronunciaram diante da onda de violência que assola o país: a tomada por gangues criminosas de uma estação de televisão, uma universidade e outros edifícios públicos.

Em um comunicado de 9 de janeiro, intitulado “A Violência Não Prevalecerá”, os bispos observaram que “o crime organizado está semeando o caos e o desespero em nossas vidas diárias”.

“A violência, venha ela de onde vier, deve nos encontrar unidos, olhando para frente e com a fortaleza necessária para que o Equador seja o que sempre foi, um lugar de paz, de trabalho, de fraternidade”.

Os bispos destacaram a necessidade de manter a serenidade e a não cair “no pânico estéril que faz o jogo dos violentos ao dar crédito a qualquer imagem alarmista compartilhada nas redes sociais, nem na ingenuidade de cruzar os braços, acreditando que essa luta é apenas daqueles que nos governam”.

“Qualquer atividade em desacordo com a lei, em qualquer nível da sociedade e do Estado, deve ser considerada uma traição à pátria, aos valores mais sagrados de nossa identidade equatoriana e a Deus, que será o juiz de nossas vidas”, enfatizaram.

O Conselho Episcopal Latino-Americano (CELAM) também expressou proximidade e solidariedade aos bispos equatorianos, reiterando seu apoio e lamento pela situação enfrentada no país, em uma carta endereçada a Dom Luis Cabrera Herrera, Arcebispo de Guayaquil, e a Dom David de la Torre Altamirano, Bispo Auxiliar de Quito.

Em especial, enviaram suas “condolências às famílias e amigos daqueles que perderam suas vidas e também nos unimos em oração por aqueles que sofreram os atos de violência de conhecimento público”.

O Conselho da Presidência do Celam encorajou os bispos equatorianos “a continuarem próximos ao povo para fortalecer a unidade, na defesa da paz e renovar com esperança os caminhos que tornam possível a fraternidade de todos os equatorianos”, colocando-os sob a “proteção de Maria Santíssima e ao seu cuidado maternal”.

The post Bispos equatorianos: “A violência não prevalecerá” appeared first on Gaudium Press.

Últimas Notícias

São Tomás Morus e São João Fisher

No dia 22 de junho a Igreja celebra a memória de São João Fisher,...

Sábado da 11ª semana do Tempo Comum

(verde – ofício do dia) Escutai, Senhor, a voz do meu apelo. Sede meu amparo;...

Cardeal Sarah: O ateísmo prático deve ser combatido, mesmo dentro da Igreja

“Há um ateísmo prático que tomou conta dos EUA e ameaça o bem comum....

Bebê recém-nascida abandonada em uma Catedral na Guatemala

Em meio à consternação e indignação, usuários das redes sociais comentam que pelo menos...

Audio-Book

148. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=8gGGSaTK2ic Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Quarta Dor...

147. II. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=63iCH0qZxGY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...

146. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=4b50saBVvfY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...