Como a felicidade está ligada à caridade

Must Read

1ª Semana Do Advento – Sábado

(roxo, pref. do Advento I, – ofício do dia) Vinde, Senhor, que estais acima dos querubins; mostrai-nos a vossa face...

Homem é preso ao tentar incendiar Basílica no Monte das Oliveiras

A Basílica foi construída sobre a rocha na qual Nosso Senhor Jesus Cristo rezou antes de sua prisão e...

Concurso de Presépios é promovido pela Arquidiocese de Salvador

A iniciativa faz parte do projeto “Salvador, Cidade Natal do Brasil” e tem por objetivo estimular a construção de...


people-821624-640

Quem é que não quer ser feliz nesta vida? É um desejo honesto, que Deus não nos nega. Na verdade, Ele nos mostra o verdadeiro caminho para a felicidade.
O Pe. Francis Xavier Lasance explica que a felicidade está intimamente ligada à caridade:

“Nossa felicidade depende em grande medida da observância da lei da caridade fraterna: ‘Amarás o teu próximo como a ti mesmo’ e da regra de ouro anunciada por nosso bendito Salvador: ‘O que quereis que os homens vos façam, fazei-o também a eles’ (Lucas 6,31). Ao fazer o bem aos outros, tornamo-nos semelhantes a Cristo”.

Quanto mais pensamos e cuidamos dos outros, mais nossa felicidade pessoal cresce. Diz Lasance:

“Nós colhemos o que semeamos. Bondade gera bondade. O homem dificilmente pode desfrutar de uma satisfação mais doce do que a que resulta de uma boa ação generosamente realizada ou de uma palavra gentil proferida com altruísmo.”

O segredo é ser verdadeiramente caridoso em pensamento e ação, não simplesmente fazendo a bondade por obrigação, mas por causa de nosso desejo sincero pelo bem de outra pessoa. Se nos arrependermos da caridade que damos a outra pessoa, nossa felicidade provavelmente diminuirá, pois ficaremos desapontados quando a outra pessoa não retribuir o gesto.

No entanto, quando não estamos preocupados com o que os outros pensam e simplesmente fazemos uma ação gentil pelo amor que temos, nossa felicidade aumenta. O Pe. Lasance explica:

“Nossos atos de caridade desinteressada estão registrados no Livro da Vida. No grande dia da recompensa, nosso bendito Salvador dirá: ‘Vinde, benditos de meu Pai, tomai posse do Reino que vos está preparado desde a criação do mundo, porque tive fome e me destes de comer; tive sede e me destes de beber; era peregrino e me acolhestes; nu e me vestistes; enfermo e me visitastes; estava na prisão e viestes a mim’ (Mateus 25, 34-36).”

Portanto, se queremos uma felicidade verdadeira e duradoura, devemos nos esforçar para sermos caridosos diariamente, enxergando Jesus Cristo em cada pessoa que encontramos.

Via Aleteia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

dezessete + dezessete =

Latest News

1ª Semana Do Advento – Sábado

(roxo, pref. do Advento I, – ofício do dia) Vinde, Senhor, que estais acima dos querubins; mostrai-nos a vossa face...

Homem é preso ao tentar incendiar Basílica no Monte das Oliveiras

A Basílica foi construída sobre a rocha na qual Nosso Senhor Jesus Cristo rezou antes de sua prisão e crucificação. Israel – Jerusalém (04/12/2020 16:40,...

Concurso de Presépios é promovido pela Arquidiocese de Salvador

A iniciativa faz parte do projeto “Salvador, Cidade Natal do Brasil” e tem por objetivo estimular a construção de presépios, despertando a criatividade e...

Covid-19: Católicos Sírios desafiam fechamento de Igrejas e ordem de receber comunhão nas mãos

Arcebispo maroronita de Damasco, descreve rejeição dos fiéis católicos ao fechamento de igrejas e ao mandato de receber a comunhão na mão. Redação (04/12/2020, 14:40, ...

Sacerdote católico é libertado após ser sequestrado na Nigéria

O sacerdote havia sido sequestrado por um grupo de homens, no dia 22 de novembro, durante um atentado contra sua comunidade. Nigéria – Abuja (04/12/2020...

More Articles Like This

mersin escort - casinomeritroyal.com - Goldenbahis -
Dumanbet