Estado Islâmico estimula seus terroristas a cometer mais ataques durante Ramadã

0

O grupo extremista Estado Islâmico (ISIS) convocou os seus membros a cometer mais atos terroristas na Europa, nos Estados Unidos, na Rússia, na Síria, nas Filipinas, na Austrália, no Irã e no Iraque durante os dias restantes do Ramadã, mês sagrado muçulmano que termina no dia 24 de junho.

Conforme informou a agência Reuters, o grupo terrorista fez este apelo através de um áudio difundido na segunda-feira no sistema criptografado de mensagens Telegram. A voz é atribuído ao porta-voz oficial do ISIS, Abi al-Hassan al-Muhajer.

A agência indicou que “a autenticidade da gravação não pôde ser verificada de forma independente, mas a voz era a mesma de uma mensagem de áudio anterior, que supostamente era do porta-voz”.

No áudio, o porta-voz do ISIS estimula os seus “leões de Mossul, Raqqa e Tal Afar” a atacar os “rechazistas (sic) e os apóstatas”. O termo “rechazista” é usado depreciativamente para se referir aos muçulmanos xiitas.

“Aos irmãos de fé e crença na Europa, América, Rússia, Austrália e outros. Seus irmãos em sua terra natal fizeram bem, assim sigamos o seu exemplo e façam o que eles fizeram”, acrescentou.

Embora neste ano o Ramadã tenha começado em 26 de maio, o Estado Islâmico atacou o Reino Unido alguns dias antes e uma das suas filiais nas Filipinas combate contra o exército na cidade de Marawi, onde sequestrou um sacerdote e cerca de 15 fiéis, além de incendiar a catedral dedicada à Virgem Maria.

Além disso, em 8 de junho, atacou o Parlamento do Irã e o mausoléu de Ruholá Jomeini.

Fonte: ACIdigital

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui