17 C
São Paulo
domingo, setembro 26, 2021

Israel: descoberta moeda da era bizantina representando o Gólgota

Moeda de ouro cunhada em 638 ou 639, representando o imperador Heráclio e a colina do Gólgota foi descoberta em Ramat Ha-Sharon em uma escavação do IAA.

Foto: Amir Gorzalczany - Israel Antiquities Authority Facebook

Foto: Amir Gorzalczany – Israel Antiquities Authority Facebook

Redação (25/08/2021 17:20, Gaudium Press) No dia 18 de agosto passado, durante uma escavação para estabelecer um novo bairro residencial, foram descobertas evidências de atividades humanas que datam de 1.500 anos na região de Ramat Ha-Sharon, ao norte de Tel Aviv, segundo informou Israel Antiquities Authority (IAA)  (Autoridade de Antiguidades de Israel).

“A escavação revelou evidências de atividade agrícola-industrial no local durante o período bizantino – cerca de 1.500 anos atrás”, afirmou Yoav Arbel, diretor da escavação, em um comunicado divulgado pelo IAA.

Descobriram um grande lagar pavimentado com um mosaico, instalações com gesso e fundações de uma grande estrutura, possivelmente um armazém ou uma fazenda.

“Dentro dos prédios e instalações, encontramos muitos fragmentos de potes de armazenamento e panelas que eram evidentemente usados por trabalhadores que trabalhavam nos campos aqui”, disse Arbel.

Também foi encontrada uma corrente de bronze usada para suspender lustres que eram comuns em igrejas daquela época.

Um dos achados raros e surpreendentes foi uma rara moeda de ouro. Cunhada em 638 ou 639 pelo imperador bizantino Heráclio, a moeda retrata o próprio imperador com seus dois filhos de um lado e, do outro, uma cruz na colina do Gólgota, local da crucifixão de Jesus. Também é possível notar que há nela inscrições gravadas em grego e, possivelmente, em árabe.

Arbel destacou que a moeda de ouro comprova a influência do cristianismo naquela região.

The post Israel: descoberta moeda da era bizantina representando o Gólgota appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias