17.5 C
São Paulo
domingo, outubro 24, 2021

Mensagem do Cardeal Parolin ao Partido Popular Europeu

O Secretário de Estado, Pietro Parolin, compareceu a uma reunião dos partidos da direita europeia, para partilhar a visão da Santa Sé sobre o Continente Europeu.

Roma (quinta-feira 23/09/2021 02:30, Gaudium Press) O Secretário de Estado do Vaticano, Cardeal Pietro Parolin, foi convidado a uma reunião dos partidos de direita da Europa (Partido Popular Europeu) que aconteceu ontem, em Roma.

O Cardeal explicou aos jornalistas a razão de sua presença e da presença de mais outros prelados, o cardeal Jean Claude Hollerich, presidente da Comece e o cardeal Peter Turkson, presidente do Dicastério para o Desenvolvimento Humano Integral.

A reunião do PPE “se dedica hoje à escuta da Igreja. A presença dos expoentes da Santa Sé e da Comece é colocada nesta perspectiva: o fato de quererem ouvir o que a Igreja lhes propõe e pede.”

O Cristianismo não é como um supermercado

O Cardeal disse que o PPE não se identifica totalmente com o Catolicismo, mas muitos dos membros do partido compartilham e manifestam princípios do cristianismo.

Um jornalista lhe perguntou sobre os princípios cristãos que são questionados por alguns membros do partido o Cardeal respondeu “no Cristianismo não se escolhe o que mais gosta ou o que mais convém, no Cristianismo deve-se aceitar tudo”, inclusive a defesa da vida em todas as suas fases, mas também o amor ao próximo dedicando atenção ao fenômeno da imigração.

“A nível de princípio, para mim a coisa é muito clara ”, continuou o prelado,“ Cristianismo é tudo isto, não se pode ir ao supermercado e levar isto, aquilo, aquilo outro”.

Os quatro pilares do Velho Continente

O Cardeal conclui afirmando que sempre se corre o risco de manipular as religiões, inclusive o Crisianismo, para fins políticos.

Parolin relembrou a visão do Vaticano sobre a Europa. O Velho Continente é construído sobre quatro pilares principais: a pessoa, a comunidade, a subsidiariedade e a solidariedade “estas são as pedras angulares da visão da Europa da Santa Sé”, conclui o cardeal.

Sobre o possível conclave evocado por Francisco

Os jornalistas aproveitaram a ocasião para perguntar sua opinião sobre o comentário do Papa durante reunião com os jesuítas na Eslováquia.

Durante o encontro, fazendo referência a sua operação intestinal, Francisco disse que se sentia bem e que ainda estava vivo embora alguns o quisessem morto. Francisco fez menção que alguns já preparavam o conclave.

Parolin comentou a afirmação dizendo que não dispõe dessas informações: “Honestamente, não tenho elementos a dizer. O Papa provavelmente faz essas declarações porque possui conhecimentos e dados que não chegaram até mim. O que eu gostaria de dizer é que não me parece que exista um clima deste tipo ”. (FM)

Com informações VaticanoNews.

The post Mensagem do Cardeal Parolin ao Partido Popular Europeu appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias