19.3 C
São Paulo
terça-feira, abril 20, 2021

No “Ano de São José”, como obter as Indulgências?

O Decreto da Penitenciaria Apostólica sobre o “Ano de São José” oferece a possibilidades de receber Indulgências especiais até 8 de dezembro de 2021.

O Decreto da Penitenciaria Apostólica sobre o “Ano de São José” oferece a possibilidades de receber Indulgências especiais até 8 de dezembro de 2021.

Cidade do Vaticano (09/12/2020, 12:40, Gaudium Press) O Papa Francisco dedicou um Ano especial a São José, que será realizado por ocasião dos 150 anos de sua proclamação como Padroeiro de toda a Igreja. 

Foi a partir deste desejo do Pontífice que a Penitenciaria Apostólica indicou as normas de como se obter Indulgência Plenária até 8 de dezembro de 2021 dentro das condições habituais: confissão sacramental, comunhão eucarística e oração de acordo com as intenções do Papa.

Meditar sobre São José será um modo de obter indulgência

No decreto emanado da Penitenciaria Apostólica, o cardeal Mauro Piacenza utilizou uma imagem bonita e bastante definida para falar da figura do “guardião de Jesus”:  “São José, um “tesouro” que a Igreja continua descobrindo”.

Participando do Ano de São José “com o espírito desprendido de qualquer pecado”, os fiéis poderão obter a Indulgência através de várias modalidades que a Penitenciaria enumera no Decreto.

Quem meditar “por pelo menos 30 minutos a oração do Pai-Nosso”, ou participar de um retiro espiritual, mesmo por um dia “que inclui uma meditação sobre São José”, poderá se beneficiar deste dom especial. “São José, verdadeiro homem de fé, nos convida”, diz o Decreto, “a redescobrir nossa relação filial com o Pai, a renovar a fidelidade à oração, a ouvir e corresponder com profundo discernimento à vontade de Deus”.

Seguindo o exemplo de São José, a indulgência pode ser obtida realizando “uma obra de misericórdia corporal ou espiritual”, imitando o “homem justo”

A Indulgência pode ser obtida realizando “uma obra de misericórdia corporal ou espiritual”, seguindo o exemplo de São José, “depositário do mistério de Deus”, que “nos exorta a redescobrir o valor do silêncio, da prudência e da lealdade no cumprimento de nossos deveres”. A virtude da justiça, praticada por José, é “lei da misericórdia” e é “a misericórdia de Deus que leva a verdadeira justiça ao cumprimento”.

O Decreto da Penitenciaria Apostólica sobre o “Ano de São José” oferece a possibilidades de receber Indulgências especiais até 8 de dezembro de 2021.

Rezar o terço em família imitando o exemplo de oração vivida na Sagrada Família

Rezar o Terço em família é uma das formas de se obter o dom da indulgência plenária.

São José, esposo de Maria, pai de Jesus, guardião da família de Nazaré. A propósito dessa realidade sublime, a Penitenciaria Apostólica convida as famílias cristãs a recriar “a mesma atmosfera de comunhão íntima, de amor e oração que se vivia na Sagrada Família”.

Confiar seu trabalho cotidiano à proteção de São José

São José é o “artesão de Nazaré”. Quem recorrer a ele com confiança para pedir um trabalho digno para si e para todos, poderá obter a indulgência plenária, que também foi estendida a quem “confiar seu trabalho cotidianamente à proteção de São José”.   

Orações pela “Igreja perseguida ad intra e ad extra e pelo alívio de todos os cristãos que sofrem toda forma de perseguição”, obtêm a indulgência

O Decreto da Penitenciaria Apostólica prevê uma Indulgência “aos fiéis que rezarem a ladainha a São José (para a tradição latina), ou o Akathistos a São José, por inteiro ou pelo menos em parte (para a tradição bizantina), ou alguma outra oração a São José, própria das outras tradições litúrgicas”.

Indulgência aos que rezarem a ladainha a São José nas intenções “da Igreja perseguida ad intra e ad extra e pelo alívio de todos os cristãos que sofrem toda forma de perseguição” porque, lê-se no texto, “a fuga da Sagrada Família para o Egito nos mostra que Deus está onde o homem está em perigo, onde ele sofre, onde ele foge, onde vive a rejeição e o abandono”.

Mais ocasiões para receber a indulgência plenária no Ano de São José

Outras ocasiões para obter a Indulgência plenária dizem respeito a “qualquer oração legitimamente aprovada ou ato de piedade em honra a São José”, como por exemplo, explica a Penitenciaria, “A ti, ó Beato José”, especialmente “nas festas de 19 de março e 1º de maio, na Festa da Sagrada Família de Jesus, Maria e José, no domingo de São José (segundo a tradição bizantina), no dia 19 de cada mês e toda quarta-feira, dia dedicado à memória do Santo, segundo a tradição latina”.

Especial atenção a quem sofre na nesta emergência da pandemia do coronavírus

A Penitenciaria Apostólica dedica especial atenção a quem sofre nesta emergência de coronavírus.

O Decreto afirma que “o dom da Indulgência plenária é particularmente estendido aos idosos, aos doentes, aos agonizantes e a todos aqueles que por motivos legítimos não podem sair de casa”.

Quem rezar “um ato de piedade em honra de São José, oferecendo com confiança a Deus as dores e dificuldades de suas vidas”, poderá receber este dom “com um espírito distante de qualquer pecado e com a intenção de cumprir, o mais rápido possível, as três condições habituais, em sua própria casa ou em onde o impedimento os detém”. 

Uma exortação final dedicada aos sacerdotes

A exortação final do Decreto da Penitenciaria é dedicada aos sacerdotes estimulando-os para que “se ofereçam com espírito disposto e generoso à celebração do Sacramento da Penitência e administrem frequentemente a Sagrada Comunhão aos enfermos”, sobretudo neste “Ano de São José”. (JSG)

The post No “Ano de São José”, como obter as Indulgências? appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

oito + 14 =

- Advertisement -

Ultimas Notícias