InícioNotícias da Igreja“Nunca se deve dialogar com o diabo”, adverte Papa Francisco

“Nunca se deve dialogar com o diabo”, adverte Papa Francisco

Published on

“Quando vem uma tentação, não dialogar nunca, mas fechar a porta, fechar a janela, fechar o coração e assim nos defendemos dessa sedução, porque o diabo é astuto, é inteligente”, alertou.

Nunca se deve dialogar com o diabo adverte Papa Francisco 1

Foto: Vatican Media.

Cidade do Vaticano (27/12/2023 16:56, Gaudium Press) Na Audiência Geral desta quarta-feira, 27, a última do ano, o Papa Francisco introduziu um novo ciclo de catequeses sobre o tema ‘Vícios e virtudes. Guardar o coração’. Abordando a história de Adão e Eva, narrada no livro do Gênesis, o Santo Padre explicou que a dinâmica do mal e da tentação é apresentada logo no início da Bíblia através da representação da serpente.

Segundo o Pontífice, a serpente é um animal insidioso que seduz, se move lentamente, rasteja silenciosamente e muitas vezes sua presença não é percebida, significando grande perigo. Em seu diálogo com Adão e Eva, a serpente faz uma pergunta maliciosa: “É verdade que Deus vos proibiu comer do fruto de toda árvore do jardim?”. Entretanto, a verdade é que Deus ofereceu todos os frutos do jardim, exceto os da árvore do conhecimento do bem e do mal.

Nunca se deve dialogar com o diabo adverte Papa Francisco 2

Foto: Vatican Media.

O orgulho é o início de todos os males

Francisco explicou que esta proibição era uma medida de sabedoria. “Como se (Deus) dissesse: reconheça o limite, não se sinta dono de tudo, porque o orgulho é o início de todos os males. O objetivo de Deus é preservar os progenitores, custódios da criação, da presunção da onipotência. Tornar-se senhor do bem e do mal é uma tentação, armadilha mais perigosa ao coração humano”, advertiu.

Em seguida, recordou que diante da ideia de um Deus não tão bom, que queria mantê-los submissos, Adão e Eva não resistiram à tentação e cederam. De acordo com o Santo Padre, “o mal não começa no homem de forma concreta, mas antes, em seus pensamentos”.

Nunca se deve dialogar com o diabo adverte Papa Francisco 3

Foto: Vatican Media.

Nunca devemos dialogar e nem discutir com o diabo

Por fim, o Papa frisou que nunca devemos dialogar e nem discutir com o diabo. Apresentando Jesus como exemplo, Francisco ressaltou que Cristo nunca dialogou com o mal, mas o expulsou, combatendo as tentações no deserto com a Palavra de Deus.

“Fiquem atentos! O diabo é um sedutor. Nunca dialoguemos com ele porque ele é mais esperto do que nós, e nos fará pagar. Quando vem uma tentação, não dialogar nunca, mas fechar a porta, fechar a janela, fechar o coração e assim nos defendemos dessa sedução, porque o diabo é astuto, é inteligente”, concluiu. (EPC)

The post “Nunca se deve dialogar com o diabo”, adverte Papa Francisco appeared first on Gaudium Press.

Últimas Notícias

Arquidiocese de São Paulo promove peregrinação ao Santuário Nacional de Aparecida

Esta é a 123ª edição do evento, que seguirá o lema “Maria, vem conosco...

6 em cada 10 católicos nos EUA são a favor do “direito ao aborto”

O centro de pesquisa Pew Research já havia identificado um grande número de católicos...

Prelado ortodoxo é apunhalado em igreja na Austrália

Um prelado da Igreja Ortodoxa Assíria foi esfaqueado nesta segunda-feira em Sydney, Austrália, enquanto...

3º Domingo da Páscoa: um convite ao verdadeiro amor

Amor, palavra que precisa ser devidamente compreendida, conforme nos propõe a Liturgia deste 3º...

Audio-Book

148. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=8gGGSaTK2ic Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Quarta Dor...

147. II. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=63iCH0qZxGY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...

146. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=4b50saBVvfY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...