18.9 C
São Paulo
quarta-feira, outubro 27, 2021

Padre Justino, fundador dos Vocacionistas será proclamado santo

Justino Russolillo morreu em 1955, sempre quis viver como um simples pároco, mas, fundou a Congregação dos Vocacionistas e dois institutos femininos.

Justino Russolillo morreu em 1955, sempre quis viver como um simples pároco, mas, fundou a Congregação dos Vocacionistas e dois institutos femininos.

 

Cidade do Vaticano (30/10/2020, 14:30, Gaudium Press) Com um decreto, o Papa Francisco autorizou a Congregação para a Causa dos Santos, da Santa Sé, que o Padre Justino Russolillo seja canonizado.

Beato Padre Justino, o “Santo de Pianura”

O Beato Padre Justino era o terceiro de dez filhos. Era de origem modesta e sempre viveu uma vida em que cultivava a humildade. Já no fim de seus dias o povo o chamava de “o Santo de Pianura”.

Justino Russolillo nasceu em Pianura, perto de Nápoles, em 1891 e morreu em 1955 na mesma localidade.
Ele que desejou sempre viver como um simples pároco, foi o fundador da Sociedade das Divinas Vocações, cujos membros são conhecidos como Vocacionistas.
Ele fundou também as Irmãs das Divinas Vocações e o Instituto das “Apóstolas da Santificação Universal”.

O milagre acontecido pela intercessão do Beato Justino

Dentro do procedimento normal que leva à canonização, o Papa Francisco autorizou a publicar o decreto que reconhece um milagre realizado por intercessão do candidato à gloria dos altares.

O milagre que leva o Beato Justino Russolillo à canonização foi atribuído a sua intercessão na cura de um jovem vocacionista em 21 de abril de 2016 na cidade de Pozzuoli que fica nos arredores de Nápoles.

O jovem religioso de origem malgaxe foi encontrado no chão de seu quarto em meio a uma poça de sangue. O socorro foi imediato e ele foi logo hospitalizado, embora em graves e temerosas condições por causa de problemas respiratórios que ele apresentava. O fato aconteceu no dia 16 de outubro de 2016.

Quando da hospitalização, o superior provincial da Congregação convidou todos os confrades a rezar ao “padre Justino” pedindo a cura do jovem. Um membro da congregação levou para o quarto do hospital onde estava internado o enfermo uma imagem do Beato com uma relíquia e a colocou sobre o corpo do religioso doente.

Era o dia 18 de abril e a situação do enfermo continuava muito grave, mas a partir do dia 21 as condições melhoraram repentinamente e o jovem vocacionista saiu do coma e teve alta no dia 3 de maio.

A congregação dos Vocacionistas no Brasil

A partir da segunda metade da década de 1980 foi dado novo impulso ao carisma vocacionista, procurando-se assumir com mais vigor a vocação de cultivadores de vocações para a Igreja. Os primeiros religiosos chegaram ao Brasil em 1950 depois de serem abençoados pelo Fundador, Pe.Justino Russolillo.

Os três primeiros missionários vocacionistas foram: Irmão Prisco, Pe. Hugo Fraraccio e o Pe. Franco Torromacco. 

Eles vieram a convite do então Arcebispo de São Salvador da Bahia e Primaz do Brasil Dom Augusto Álvaro da Silva. O Arcebispo tinha ido pessoalmente à Itália pedir ao Pe. Justino religiosos vocacionistas para a sua grande Arquidiocese.
Atualmente, os Vocacionistas encontram-se presentes em cinco dioceses do Brasil: Salvador, Feira de Santana e Vitória da Conquista (Bahia); Rio de Janeiro (RJ) e Aracaju (SE). (JSG)

The post Padre Justino, fundador dos Vocacionistas será proclamado santo appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias