InícioNotícias da IgrejaRevoluçãoPadre Radical-Tradicionalista tentou matar o Papa João Paulo II a facadas

Padre Radical-Tradicionalista tentou matar o Papa João Paulo II a facadas

Published on

A maioria das pessoas sabem sobre a primeira tentativa de assassinato contra a vida de São João Paulo II, quando foi baleado por um atirador turco (que pode ter sido contratado pela União Soviética), na Praça de São Pedro. Era 13 de maio de 1981, a festa de Nossa Senhora de Fátima, e aos 60 anos de idade o pontífice sobreviveu por pouco.

Mas você sabia que João Paulo II sobreviveu a uma segunda tentativa de assassinato? Um ano depois de levar um tiro, o Papa tomou uma facada.

E dessa vez a tentativa foi de um padre, o espanhol Juan Maria Fernandez Krohn. Ele foi ordenado sacerdote na Fraternidade Sacerdotal de São Pio X (mais conhecida pela sigla FSSPX) do Arcebispo Marcel Lefebvre em 1978, entretanto, não se sabe ao certo se quando cometeu o atentado ainda pertencia a FSSPX..

Resultado de imagem para Juan Maria Fernandez Krohn.

Preocupado com reformas pós-Vaticano II, padre Krohn radicalizou-se, convencido de que os comunistas tinham se infiltrado na Igreja e que João Paulo II era um agente comunista empenhado em destruir a Santa Mãe Igreja. A preocupação de que João Paulo II fosse um comunista é irônica, pois a primeira tentativa de assassinato pode ter sido realizada por comunistas preocupados com sua oposição ao comunismo.

Apreensivo com a perspectiva de um pontífice comunista subverter a Igreja, Pe Krohn assumiu a responsabilidade em suas próprias mãos e tramou assassinar João Paulo II.

No dia 12 de maio de 1982, o sacerdote espanhol furou a linha de segurança em uma missa em Fátima, Portugal, com uma baioneta e com sucesso esfaqueou o pontífice (que mal havia se recuperado do primeiro ataque) antes de ser pego pelos seguranças.

O sacerdote foi condenado a sete anos de prisão.

João Paulo II, no entanto, continuou com a missa como se nada tivesse acontecido. Só notaram mais tarde que havia sangue, mas seu ferimento era pequeno o suficiente para que o pontífice simplesmente colocasse uma bandagem e escondesse dos outros para que pudesse continuar a celebrar a eucaristia.

O Papa escondeu tão bem seu ferimento, que somente em 2008 que os fiéis descobriram esse ocorrido, quando seu secretário particular contou em um documentário.

Veja no video o momento em que ocorre o atentado ao Papa João Paulo II
CLIQUE AQUI PARA VER O VIDEO

Fonte: ChuchPop e Sempre Familia

Últimas Notícias

6 em cada 10 católicos nos EUA são a favor do “direito ao aborto”

O centro de pesquisa Pew Research já havia identificado um grande número de católicos...

Prelado ortodoxo é apunhalado em igreja na Austrália

Um prelado da Igreja Ortodoxa Assíria foi esfaqueado nesta segunda-feira em Sydney, Austrália, enquanto...

3º Domingo da Páscoa: um convite ao verdadeiro amor

Amor, palavra que precisa ser devidamente compreendida, conforme nos propõe a Liturgia deste 3º...

Santa Ludovina

Na Holanda, Santa Ludovina, cuja memória é celebrada no dia 14 de abril, suportou...

Audio-Book

148. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=8gGGSaTK2ic Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Quarta Dor...

147. II. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=63iCH0qZxGY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...

146. I. Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório (AUDIOBOOK)

https://www.youtube.com/watch?v=4b50saBVvfY Meditações de Santo Afonso Maria de Ligório — Bispo e Doutor da Igreja Jesus é...