A maioria das mulheres que usam pílulas anticoncepcionais não sabem da horrível realidade que se esconde por trás desta prática: Abortos Ocultos. Assista o vídeo e junte forças conosco nesta luta contra o assassinato silencioso de milhares de bebês.

Os anticoncepcionais têm um efeito abortivo que muitas mulheres não chegam a descobrir. Segundo alguns estudos, 100 mulheres que usassem anticoncepcionais hormonal 15 anos seguidos, poderiam ter no minimo 130 abortos ocultos. Uma percentagem que fala por si mesmo da seriedade de algo que está a ocorrer no meio de um silêncio quase absoluto. A maioria das mulheres que usam pílulas anticoncepcionais não sabem da horrível realidade que se esconde por trás desta prática: Abortos Ocultos. Assista o vídeo e junte forças conosco nesta luta contra o assassinato silencioso de milhares de bebês.

Veja o video com toda explicação aqui: https://padrepauloricardo.org/episodios/abortos-ocultos
A contracepção por meios não naturais é pecado mortal, portanto a pessoa que prática tais atos está privada da graça santificante e não pode comungar. O que a Igreja permite, desde que haja a justa necessidade é o uso de métodos naturais, como o método Billings.
 
Muito se vê hoje em dia, todos os meios de comunicação incentivando o uso de métodos anticoncepcionais, camisinha DIU, pílula do dia seguinte, como se fossem as coisas mais normais e inocentes da vida. Mas uma pessoa bem informada, sabe muito bem que de inocente isso não tem nada, nem mesmo dentro do matrimônio. É isso mesmo, aqui você vai saber todas as armadilhas utilizadas por satanás para MATAR, pois ele é o Pai da mentira, é um mentiroso. Vejo muitas pessoas que tomam anticoncepcionais, são Católicas vão na missa, comungam normalmente como se aquilo tivesse em comunhão com Deus. Que coisa estúpida, me desculpem os adeptos desta prática, mas não é de hoje, nem novidade pra ninguém que a Igreja Católica é contrária a isso. Muitos se perguntam mais por que? Muito simples:
 
Anticoncepcionais orais: Eles tem efeito primário na hipófise, uma glândula que fica em nosso cérebro, responsável pela produção de hormônios. Os anticoncepcionais orais tem como efeito primário impedir a ovulação, antigamente eles tinham somente esse efeito, mas isso já faz muito tempo! Nossa realidade Hoje é outra bem diferente! Acontece que os dias foram passando e foi visto que eles traziam muitos efeitos colaterais às mulheres: enjoos, obesidade, náuseas, sangramento, etc. Por que eram fortes. Então, mudou-se a fórmula, se você não está acreditando, vai lá pega sua caixinha de anticoncepcional Lê, na bula vai estar escrito: Anticoncepcional Oral COMBINADO. Este combinado significa o que? Significa que ele tem um efeito secundário, aí vem o ponto que a bula não vai te informar, por que se as pessoas ficam sabendo disso, não tomariam anticoncepcionais: Eles tem efeito em fazer uma mudança no endométrio do útero da Mulher, impedindo a Nidação do embrião. Traduzindo: Se você engravidar, SEU BEBE SERÁ MORTO. Os Anticoncepcionais orais são ABORTIVOS. Por isso quase não possuem efeitos Colaterais. Pronto, você tomando anticoncepcionais orais, está matando seus filhos no útero, e ainda indo na fila da comunhão como se fosse algo tão inocente. Se você não sabia, ótimo, o pecado é menor, mas agora virá a parte mais importante: Agora que você sabe, que atitude vai tomar?
 
DIU: o Diu nem precisa de longas explicações, ele fica no colo do útero, é de Metal, geralmente eles atraem os espermatozoides, e impedem a passagem até os ovários, mas também possuem um Segundo efeito: Se você conceber, ele mata seu bebe, e em último caso se a criança sobreviver (o que é difícil), ele pode se alojar no corpo do bebe. Portanto é ABORTIVO também.
 
Pílula do dia Seguinte: O que todo mundo gosta de dizer que não é abortivo, simplesmente por que negam a VIDA, embora todos já tenham sido uma fecundação de um óvulo e um espermatozoide, hoje em dia é comum dizer que isso não é uma vida. Que cômico! Sim é uma vida! A partir do momento que há a união do óvulo e espermatozoide há uma nova vida, uma nova alma se forma, até mesmo se esse bebe não ir até o fim da gestação, a alma é imortal, portanto irá com Deus. E se você foi o responsável por isso (aborto), pagará caro um dia ao Senhor da vida. A pílula do dia seguinte obviamente é abortiva pois se usa um dia depois da fecundação, um dia depois de ter tido relações sexuais. Ele faz uma camada no útero da mulher, para que se, a criança chegar a se formar, a hora que ela tentar se prender no útero não irá conseguir, então ela MORRE. Sem mais.
 
Camisinha: Elas nunca oferecem proteção completa contra as DST”s, ela possui uma taxa de falha que é estimada entre 10 a 30%, isso significa que, de cada dez relações com o uso da camisinha (preservativo), de 1 a 3 delas não protegerão contra absolutamente nada. Há muitas razões: rompimento ou escorregamento durante o uso, defeitos de fabricação e defeitos causados pelo armazenamento e transporte em lugares inadequados, quentes ou muito frios e além de tudo, ela nao protege adequadamente contra o vírus da AIDS, fotografias tiradas com microscópios potentes revelam vácuos ou furos que chegam a ser 50 vezes maiores que a partícula do HIV.
 
O uso consistente de camisinha (100% das vezes) durante a relação sexual comum reduz o risco de:
– HIV- cerca de 80 % – ou seja, ainda há 20% de chance de o contrair
– Gonorréia – reduz cerca de 50% – ou seja, ainda 50% de chance de infecção
– Clamídia – reduz cerca de 50% – ou seja, ainda 50% de chance de infecção
– Herpes – reduz cerca de 50% – ou seja, ainda 50% de chance de infecção
– Sífilis – reduz cerca de 50% – ou seja, ainda 50% de chance de infecção
– HPV – reduz cerca de 50% ou menos – ou seja, ainda 50% ou mais de chance de infecção
Para as cerca de 20 outras DST”s não existem dados suficientes para dizer se a camisinha oferece ou não qualquer redução de risco.
(Fonte: Medical Institute for Sexual Health)
 
O Papa diz que preservativos aumentam o risco da AIDS – e, ao contrário do que a mídia pensa, Ele está certo!
O que evita o risco da AIDS e das outras doenças sexualmente transmissíveis é a castidade!
Fora as outras consequências emocionais, espirituais e físicas da atividade sexual fora do casamento!
 
Por isso, Use a Castidade!!! Essa é 100% seguro. Sexo foi feito para o casal, e dentro do matrimônio abençoado por Deus.
 
Para o casados, utilizem o método de Ovulação Billings, aprovado pela OMS com 99% de eficácia, coisa que hoje em dia ninguém tem interesse de divulgar (a não ser a Igreja), por que não dá lucro, não rende dinheiro hoje em dia utilizar um método natural, sem contra-indicações. O que rende dinheiro (e muito) é a venda de abortivos. Estes sim rendem! Fiquem atentos, não caia nessa armadilha!
 
Use o Método de Ovulação Billings!
Veja mais:
 
Relação Sem Contracepção?
Método de ovulação billings – O que é isso?
 
Como Calcular o Período Fértil?
 
A Resposta Católica: Camisinha e Método Billings
A Igreja e os anticoncepcionais
Posso usar anticoncepcionais para regular o ciclo menstrual?
O que é Abortos Ocultos?
Fonte: Católicos na Biblia

4 COMMENTS

  1. Gostei do texto e concordo. Mas há aqui uma pulga a fazer confusão.

    É que eu não vi onde está o pecado no uso da camisinha para os casados, uma vez que não se verifica nenhum aborto oculto, como acontece com a pílula ou com DIU.

    O método billings é muito bom. Mas eu acho que só é eficaz para mulheres que tem o círculo menstrual regular (28/28, 35/35 ou 45/45 dias).

    O que se passa é que há mulheres que têm o ciclo menstrual extremamente irregular, que, se o casal tiver que seguir as orientações da Santa Igreja, só lhes restará a castidade, caso não desejam fazer mais filhos. Nestes casos, o usos do preservativo (camisinha) seria o ideal.

    O que têm a dizer.

    • Carlos de Jesus, o Método de Ovulação Billings (MOB) pode ser perfeitamente usado por mulheres com periodos irregulares também, pois a observação é diária. As pessoas tendem a confundir com a tabelinha, mas é diferente. Procure mais informações sobre o MOB e veja se há instrutores na sua cidade. Há outros metodos naturais como a cristalização da saliva e medir a temperatura basal, por exemplo. Sobre a camisinha ela não deve ser usada porque ela não deixa o casal aberto a vida, pois se o casal manter relação no período fértil e usar camisinha estará interrompendo o processo natural que chegaria a fecundação. Já o MOB é permitido, quando há justa causa, porque o casal vai estar usando de um momento em que a mulher está infértil e isso é natural. Se ela estiver fértil ocorrerá a gravidez. Então se o casal não pode, por justos motivos, engravidar, deve-se haver abstenção de relação no período fértil. Pesquise mais sobre a continência entre o casal e sobre esse assunto, pois acho que escrevi de forma muito superficial.

  2. Antes de casar conversei com o padre e ele me disse que poderia tomar a pilula até mesmo pq eu já fazia o uso por iindicação da dermatologista (acne) e ginecologista (cólicas intensas).

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here