18 C
São Paulo
sexta-feira, abril 15, 2022

Quando se perde a fé, aumentam as possessões

O exorcista Pe. Torrez Ruiz conversou com a ACI sobre seu ministério. Ele lembrou que o ser humano é “naturalmente religioso”.  

Redação (05/04/2022 17:38, Gaudium Press) O Pe. Francisco Torres Ruiz da Diocese de Plasencia é responsável pelo ministério de exorcismo.

O sacerdote deu declarações à Aciprensa, nas quais afirma uma grande verdade quando diz que o ser humano é “naturalmente religioso”.

“A religiosidade é algo conatural à própria pessoa humana e, portanto, como dimensão humana, também procura ser preenchida”: com coisas boas ou não tão boas.

“O problema está onde queremos saciar essa sede de eternidade ou essa inquietude de transcendência”, adverte.

Pode acontecer, conforme o prescrito pelo profeta Jeremias, que “em vez de ir aos poços de água viva, procuramos em cisternas rachadas. E depois, a água deteriorada que bebemos, que muitas vezes se bebe quando nos afastamos de Deus, traz justamente algumas consequências que podem ser a abertura de portas para a ação do diabo.

Se o ser humano caminha pela fé verdadeira, encontrou o caminho da felicidade.

“Mas, certamente, hoje há mais casos de ação diabólica porque a perda da fé no Ocidente levou as pessoas e muitas sociedades a saciar sua sede de transcendência, sua religiosidade natural, em lugares e práticas desaconselháveis”, afirmou o Pe. Torres Ruiz, certamente pela sua experiência como exorcista.

The post Quando se perde a fé, aumentam as possessões appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias