17 C
São Paulo
domingo, setembro 26, 2021

Santuário Santa Dulce dos Pobres celebra a memória de sua padroeira

Este é o segundo ano que o Santuário celebra a memória de Santa Dulce, canonizada em outubro de 2019.

Bahia – Salvador (13/08/2021 17:04, Gaudium Press) Pelo segundo ano, o Santuário Santa Dulce dos Pobres celebrou a memória de sua padroeira, canonizada em outubro de 2019. O Arcebispo de Salvador e Primaz do Brasil, Cardeal Sérgio da Rocha, foi quem presidiu a Santa Missa das 08h30.

Em sua homilia, o Cardeal recordou que Santa Dulce tomou posse das palavras da liturgia “vinde, benditos de meu Pai. Porque Eu estava com fome e me destes de comer, estava doente e cuidaste de mim. Esta é a Boa Nova, a alegria do Evangelho que nós devemos acolher e testemunhar”.

O testemunho de Santa Dulce é extremamente atual

Segundo Dom Sérgio, por ter vivido esta palavra, Santa Dulce pôde ouvir ouvir de Nosso Senhor Jesus Cristo “vinde, benditos de meu Pai, receber como herança o Reino que meu Pai vos preparou. Nós queremos também ter a graça de ouvir isso de Jesus quando concluirmos a nossa missão deste mundo”.

“O exemplo de Santa Dulce é sempre muito importante em qualquer situação, mas neste momento de luto, de pobreza, fragilidade, com mais razão ainda o testemunho de Santa Dulce é extremamente atual. Não se pode celebrar a Santa dos pobres sem ter no coração a disposição que ela teve”, destacou.

Deus nos ajude a viver como Santa Dulce viveu

O Primaz do Brasil frisou que a missão de Santa Dulce tinha como fonte o amor de Deus e a Fé. Deus ama primeiro, e Santa Dulce também amava primeiro, a quem não podia retribuir esse amor. “Não é um amor qualquer, é um amor que é caridade, que é serviço e compaixão. Nosso mundo precisa desse amor. Se houvesse mais amor, o mundo seria outro”, explicou.

Recordando dos que, seguindo o exemplo de Santa Dulce, procuram viver o amor e a caridade, o Cardeal Sérgio concluiu dizendo que “o caminho a percorrer é longo, as situações de sofrimento são imensas. Por mais que façamos, teremos ainda muito a fazer. Rezar e ajudar uns aos outros, a amar e servir a todos, especialmente aos mais necessitados e fragilizados. Deus nos ajude a viver como Santa Dulce viveu, para fazer do nosso mundo um lugar mais fraterno, justo e de paz”. (EPC)

The post Santuário Santa Dulce dos Pobres celebra a memória de sua padroeira appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias