12.6 C
São Paulo
quarta-feira, junho 15, 2022

Ucrânia: Mosteiro católico confiscado e transformado em sede de governo pelos russos

Depois de invadir Mariupol, na Ucrânia, a Rússia confiscou o mosteiro paulino e o transformou na sede do governo local.

Foto: Facebook, Paweł Tomaszewski

Foto: Facebook, Paweł Tomaszewski

Redação (19/05/2022 10:00, Gaudium Press) O mosteiro da Ordem de São Paulo em Mariupol, onde viviam os padres paulinos desde 2002, foi confiscado pelos russos e agora se tornou a sede da administração local da chamada República Popular de Donetsk. A administração foi estabelecida no final de março. Mas só agora se tornou público que os russos estabeleceram sua sede no mosteiro católico.

Em 5 de março passado, o sacerdote Paweł Tomaszewski, pároco paulino da paróquia de Nossa Senhora de Czestochowa, em Mariupol, junto com outro irmão da Ordem e alguns paroquianos conseguiram escapar da cidade sitiada pelos russos, e estabeleceram-se no mosteiro da paróquia de São Nicolau em Kamianets-Podilskyi. Pe. Tomaszewski postou a seguinte informação no Facebook há alguns dias:

Recebi uma triste notícia hoje. Em nosso mosteiro, em Mariupol, os ocupantes estabeleceram a administração da DPR (República Popular de Donetsk) para toda a cidade. Peço que rezem pela nossa bela cidade, pelos seus defensores, para que possamos libertar a nossa cidade e o nosso santuário dos invasores”.

Pe. Paweł Tomaszewski declarou à agência de notícias italiana SIR:

“No dia 17 de março, nosso mosteiro foi saqueado. Levaram tudo o que havia, os cálices para o serviço divino e tudo de valor”. […] tiraram a igreja de nós, fizeram de tudo para nos mandar embora. E agora eles a desonraram. É muito, muito difícil de aceitar”.

Segundo relatos da mídia um verdadeiro genocídio do povo ucraniano está ocorrendo na cidade. Prevê-se que até o final de 2022, mais de 10.000 pessoas possam morrer de doenças e condições intoleráveis em Mariupol.

The post Ucrânia: Mosteiro católico confiscado e transformado em sede de governo pelos russos appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias