15.9 C
São Paulo
domingo, abril 17, 2022

A Igreja se preocupa e reza pela Ucrânia

Hoje, ao terminar a audiência geral, Francisco pediu que as orações de todos “toquem as mentes e os corações dos responsáveis na terra”.  

Redação (26/01/2022 16:49, Gaudium Press) Hoje, durante o Dia de Jejum e Oração pela Ucrânia convocado pelo próprio Papa, e antes do final da audiência geral, o Pontífice convidou todos a pedir “ao Senhor com insistência para que esta terra possa ver florescer a fraternidade e superar as feridas, medos e divisões”.

Francisco falou sobre a história do país eslavo, marcado pela dor: “É um povo que sofre; eles passaram fome, sofreram muita crueldade e merecem a paz”.

“Que as orações e súplicas, que hoje sobem ao céu, toquem as mentes e os corações dos responsáveis na terra, para que façam prevalecer o diálogo, e o bem de todos seja colocado acima dos interesses partidários”.

“Por favor, nunca a guerra”, exclamou Francisco.

Atendendo ao pedido de oração do Papa pela Ucrânia, muitas iniciativas neste sentido estão sendo tomadas, como a que será presidida por Mons. Paul Richard Gallagher, Secretário para as Relações com os Estados, com a comunidade de Sant’Egidio, na Basílica de Santa Maria in Trastevere.

Também em Roma, a comunidade ucraniana com a participação de Mons. Benoni Ambarus, rezará as Vésperas na igreja de Santa Sofia.

Em geral, todas as dioceses do mundo têm colocado de forma explícita a intenção pela paz na Ucrânia.

The post A Igreja se preocupa e reza pela Ucrânia appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias