18.1 C
São Paulo
sexta-feira, dezembro 3, 2021

Cristãos sofreram mais de 300 ataques na Índia só este ano

Os ativistas hindus responsáveis por esses ataques acusam os cristãos de conversões religiosas forçadas, apesar de não terem nenhum tipo de evidência.

Índia – Nova Delhi (29/10/2021 16:59, Gaudium Press) A Associação para a Proteção dos Direitos Civis (United Against Hate and United Christian Forum) divulgou um relatório no qual apresenta um balanço da violência contra cristãos no país ocorridas nos últimos nove meses deste ano. Os principais alvos dos ataques são as mulheres.

De acordo com o documento, durante o período mencionado ocorreram 305 incidentes em 21 Estados da Índia: 69 em setembro, 50 em agosto , 37 em janeiro, 33 em julho, 27 em março, abril e junho, 20 em fevereiro e 15 em maio. O relatório apresenta ainda depoimentos detalhados das vítimas de cerca de 90 incidentes e crimes de ódio.

Ranking da violência contra cristãos por Estados

A lista é liderada por Uttar Pradesh, estado localizado no norte da Índia, governado pelo nacionalista hindu Bharatiya Janata Party (BJP). Só neste estado foram registrados 66 ataques contra cristãos. Em segundo lugar está o estado de Chhattisgarh, governado pelo Congresso Nacional Indiano, com 47 denúncias.

O estado de Jharkhand, governado por Jharkhand Mukti Morcha, aparece em terceiro lugar com 30 casos. Em quarto lugar está o estado de Madhya Pradesh, governado pelo BJP, com 26 denúncias. E em quinto lugar aparece o estado de Karnataka, localizado no sul do país, também governado pelo BJP, e que teve um aumento significativo na violência contra os cristãos, chegando a 32 casos.

Ataques contra cristãos estão documentados

Segundo o coordenador nacional do United Christian Forum, A.C. Michael, há provas documentadas dos ataques contra os cristãos e os os ativistas hindus responsáveis por esses ataques acusam os cristãos de conversões religiosas forçadas, apesar de não terem nenhum tipo de evidência.

“Eles espalham falsidades, sugerindo que aqueles que estudam em escolas missionárias se convertem ao cristianismo. Se isso fosse verdade, a maioria das pessoas educadas neste país seria cristã”, ressaltou.

Prevenção de conversões forçadas
Alguns templos católicos foram danificados ou vandalizados em 23 ataques e as autoridades administrativas e policiais chegaram a impedir os cristãos de realizarem suas orações dominicais e outras atividades religiosas em outros 85 casos, para prevenir conversões forçadas.

O secretário geral da Unity in Compassion, Minakshi Singh, frisou que “não houve nenhuma mudança significativa na porcentagem da população cristã”, pelo contrário, está ocorrendo uma queda no número dos cristãos no país. (EPC)

The post Cristãos sofreram mais de 300 ataques na Índia só este ano appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias