14 C
São Paulo
terça-feira, agosto 3, 2021

Filipinas: Bispos desafiam Governo e não fecharão Igrejas na Semana Santa

Arquidiocese de Manila desafia governo das Filipinas que fecha Igrejas ao proibir a realização de grandes reuniões e atos religiosos no período da Semana Santa.

Arquidiocese de Manila desafia governo das Filipinas que fecha Igrejas ao proibir a realização de grandes reuniões e atos religiosos no período da Semana Santa.

Redação (24/03/2021, 13:30,  Gaudium Press) A arquidiocese de Manila publicou uma Carta Pastoral na qual afirma que desafiará as normas oriundas do governo filipino que proíbem os atos religiosos nas Igrejas da capital e nas províncias vizinhas, após o surgimento recente de um aumento de casos de coronavírus.

Dentro de nossas igrejas, a partir de 24 de março, teremos nosso culto religioso…

Contudo, a Arquidiocese faz a ressalva de que seria dada maior atenção aos limites do número de pessoas permitidas em uma igreja para a participação das Celebrações Eucarísticas e outros atos religiosos.

“Não realizaremos nenhuma atividade religiosa fora de nossas igrejas. Mas, dentro de nossas igrejas, a partir de 24 de março, teremos nosso culto religioso dentro de 10% de nossa capacidade máxima da igreja”, afirmou Dom Broderick Pabillo, administrador apostólico de Manila, em sua Carta Pastoral.

A decisão da Arquidiocese de Manila de realizar serviços religiosos veio em resposta a uma proibição ou limitação das atividades religiosas pelas autoridades de saúde filipinas, o que significaria que as igrejas seriam fechadas para grandes reuniões durante a Semana Santa.

“Não devemos seguir essas diretrizes impostas sem consultas, e que, alguma forma violam o princípio da separação entre Igreja e Estado”

A Força-Tarefa Interinstitucional sobre Doenças Emergentes (IATF) anunciou em 20 de março que as reuniões religiosas foram proibidas de 22 de março a 4 de abril, enquanto a realização de casamentos, batismos e serviços funerários seria limitada.

O bispo Pabillo disse que as igrejas de Manila implementariam protocolos rígidos, como o distanciamento físico durante as celebrações da Semana Santa dentro das igrejas.

“Que os fiéis se espalhem em nossas igrejas, usando os protocolos de saúde que temos implementado de forma consistente”, disse ele.

O bispo Pabillo pediu aos fiéis que desafiassem os protocolos anti-Covid do governo, chamando-os de “errados” porque as autoridades da Igreja não foram consultadas.

“Não devemos seguir essas diretrizes impostas sem consultas, que de alguma forma violam o princípio da separação entre Igreja e Estado”, disse Dom Pabillo à Rádio Veritas.

O bispo Pablo Virgilio David, de Kalookan, segue Dom Pabillo e também criticou a proibição, dizendo que as academias de ginástica estarão abertas e ainda podem funcionar.  (JSG)

(Informações www.uca News.com, foto Catholic Register)

The post Filipinas: Bispos desafiam Governo e não fecharão Igrejas na Semana Santa appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

- Advertisement -

Ultimas Notícias