22.1 C
São Paulo
domingo, outubro 24, 2021

Indonésia quer considerar Semana Santa como símbolo Nacional

A celebração da Semana Santa na Indonésia é um verdadeiro símbolo religioso nacional, um fruto do apostolado dos portugueses que ocuparam a ilha no século XVII e que lá deixaram a semente do cristianismo.

A celebração da Semana Santa na Indonésia é um verdadeiro símbolo religioso nacional, um fruto do apostolado dos portugueses que ocuparam a ilha no século XVII e que lá deixaram a semente do cristianismo.

Redação (25/03/2021, 17:50,  Gaudium Press) Maria Antoneta Date Atulolon, uma leiga católica de 33 anos que vive na aldeia de West Lewoleba, no distrito de Lembata, na Indonésia, ficou entusiasmada ao saber sobre o plano do governo indonésio de incentivar as celebrações da Semana Santa, um verdadeiro símbolo, um ícone religioso nacional, deixado pelos portugueses.

Uma festa católica centenária realizada sobretudo na Ilha das Flores, cuja maioria dos habitantes é composta por católicos

A Semana Santa na Indonésia é uma festa católica centenária. Ela é realizada com pompas e entusiasmo sobretudo na cidade de Larantuka, que fica no distrito de East Flores, na Ilha de Flores, uma ilha cuja maioria de seus habitantes é composta por católicos: um fruto do apostolado dos portugueses que ocuparam a ilha no século XVII e que lá deixaram a semente do cristianismo.

A Semana Santa geralmente inicia-se com as cerimônias religiosas na quarta-feira da Semana Santa. Nesta ocasião, até as principais ruas da Larantuka são fechadas para que seja criado um ambiente de recolhimento e oração. 
Geralmente milhares de peregrinos são atraídos para a cidade afim de participarem das comemorações religiosas.

Quinta-feira Santa e a peregrinação das três capelas

Na Quinta-feira Santa, existe um roteiro religioso quando os peregrinos visitam três capelas diferentes onde estão colocadas imagens da Mãe Santíssima (Tuan Ma). Do Menino Jesus (Tuan Meninu) e de Jesus já adulto (Tuan Anna). 

A Procissão das Águas, na Sexta-feira Santa é feita de barco

O ápice da celebração chega na Sexta-Feira Santa com a Procissão das Águas, quando uma Imagem do Menino Jesus é carregada em um barco e levada ao encontro da Imagem de Nossa Senhora que o aguarda em uma outra capela.

Participar da Semana Santa, das solenes orações é uma verdadeira demonstração de Fé e faz sentir em paz

Maria Antoneta explica que vem do distrito de East Flores e “Eu sempre volto para minha cidade natal todos os anos apenas para participar da Semana Santa. Ela é uma verdadeira demonstração de Fé durante o qual posso participar ativamente das solenes orações. E isso me faz sentir em paz”.

Reação semelhante à de Maria Antoneta tem Eduard Antonio Diaz, um leigo católico de 31 anos da cidade. Ele começou a participar da Semana Santa quando tinha apenas dez anos de idade:

“Para mim, a Semana Santa é uma devoção única. Este legado dos portugueses é o único no mundo. A Semana Santa também é um meio muito bom para os católicos aprofundarem sua fé ”. “Estou muito feliz por saber que o governo está planejando fazer da Semana Santa um símbolo nacional”, afirmou Eduard com ênfase.

O governo espera que a Semana Santa seja reconhecida como símbolo, um ícone católico nacional   

O Ministério dos Assuntos Religiosos, por meio da Direção-Geral de Orientação da Comunidade Católica (Bimas Katolik), anunciou o plano de considerar as comemorações da Semana Santa como um Símbolo Nacional foi anunciado no mês passado. 

Em uma reunião com o chefe do distrito de East Flores, Antonius Hubertus Gege Hajon e o bispo de Larantuka, Dom Fransiskus Kopong Kung,  o presidente do Bimas Katolik, Yohanes Bayu Samodro, disse que o ministro dos Assuntos Religiosos, Yaqut Cholil Qoumas “tem uma atenção especial para a celebração e espera que ela seja transformada em símbolo católico a nível nacional e internacional.” (JSG)

(Informações e foto UCA News)

The post Indonésia quer considerar Semana Santa como símbolo Nacional appeared first on Gaudium Press.

- Advertisement -
- Advertisement -

Ultimas Notícias