Protomártires do Brasil serão canonizados em 15 de outubro

Must Read

“Narrem o belo para alimentar a esperança”, aconselha Papa a jornalistas cristãos

No período difícil da pandemia, a mídia cristã é chamada a oferecer uma comunicação que fale da beleza e...

São José de Cupertino

O santo de hoje nasceu num estábulo, a exemplo de Jesus, em Cupertino, no reino de Nápoles, a 17...

24ª Semana do Tempo Comum – Sexta-feira

Primeira Leitura: 1 Coríntios 15,12-20 Leitura da primeira carta de São Paulo aos Coríntios – Irmãos, se se prega que Cristo...



Os Protomártires do Brasil serão canonizados no próximo dia 15 de outubro, na Basílica de São Pedro, como confirmou o Papa Francisco no Consistório Ordinário Público realizado hoje no Vaticano.

No último dia 23 de março, o Santo Padre já havia aprovado os votos favoráveis da Sessão Ordinária dos Cardeais e Bispos Membros da Congregação para a Causa dos Santos sobre a canonização dos beatos André de Soveral e Ambrósio Francisco Ferro, sacerdotes, o leigo Mateus Moreira e mais 27 companheiros leigos.

Conhecidos também como Mártires de Cunhaú e Uruaçu, eles foram beatificados pelo Papa São João Paulo II em 5 de março de 2000, no Vaticano. Foi este mesmo Pontífice que, em 13 de outubro de 1991,os chamou de protomártires durante a Missa de encerramento do XII Congresso Eucarístico, ocorrido em Natal.

Foram mortos pela perseguição de holandeses calvinistas durante o período em que estes ocuparam territórios do nordeste do país, entre 1630 e 1654. Nesta época, os invasores quiseram obrigar os católicos a se converterem ao calvinismo e proibiram a celebração da Santa Missa.

Então, em 16 de julho de 1645, o Pe. André de Soveral e outros 70 fiéis foram cruelmente mortos por 200 soldados holandeses e índios potiguares. Eles participavam da Missa na Capela de Nossa Senhora das Candeias, no Engenho Cunhaú, município de Canguaretama (RN).

Três meses depois, em 3 de outubro de 1645, houve o massacre em Uruaçu, onde foram mortos Padre Ambrósio Francisco Ferro e o leigo Mateus Moreira, o qual, segundo relatos, teve o coração arrancado pelas costas, mas, antes de morrer pôde gritar em alta voz: “Louvado seja o Santíssimo Sacramento!”.

 

Fonte: ACIDIGITAL

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

vinte + dezenove =

Latest News

“Narrem o belo para alimentar a esperança”, aconselha Papa a jornalistas cristãos

No período difícil da pandemia, a mídia cristã é chamada a oferecer uma comunicação que fale da beleza e...

São José de Cupertino

O santo de hoje nasceu num estábulo, a exemplo de Jesus, em Cupertino, no reino de Nápoles, a 17 de junho de 1603. Filho...

24ª Semana do Tempo Comum – Sexta-feira

Primeira Leitura: 1 Coríntios 15,12-20 Leitura da primeira carta de São Paulo aos Coríntios – Irmãos, se se prega que Cristo ressuscitou dos mortos, como podem...

Religiosas brasileiras são libertadas, após 24 dias de cativeiro, em Moçambique.

Religiosas brasileiras, da Congregação de São José de Chabéry, sequestradas por terroristas são libertadas, em Moçambique. As  irmãs Inês e Eliane, de origem brasileira, pertencentes...

Diocese de Coimbra vai comemorar os 700 anos do culto da Imaculada Conceição em Portugal

Há 700 anos, a partir de Coimbra, lugar tão emblemático e tão significativo, cresceu, desenvolveu-se, propagou-se o culto da Imaculada Conceição em Portugal. Coimbra-Portugal (17/09/2020,...

More Articles Like This